AO VIVO
Menu
Busca sábado, 31 de julho de 2021
Busca
Curitiba
13ºmax
min
Correios Celular - Mobile
Geral

Polícia Federal desmonta articulação de facção que mandava em presídios do Paraná

Mais de 20 mandados de prisão preventivas são realizados em diferentes cidades do Estado

15 junho 2021 - 18h30Por Bruna Silva

Mais de vinte mandados de prisão preventiva foram expedidos

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (15), a “Operação Efialtes”, que tem como alvo uma rede criada para transmitir ordens de líderes de organização criminosa que estão na Penitenciária Federal de Catanduvas, no Paraná. As investigações apontam que o grupo contava com o apoio de um servidor da penitenciária.

Segundo a Polícia, o agente, também alvo de um mandado de prisão, responderá pelos crimes de associação ao tráfico de drogas, organização criminosa, corrupção ativa e passiva, além de lavagem de dinheiro. Juntas, as penas podem ultrapassar três décadas de prisão.

“Além do agente público, a rede de comunicação contava ainda com a participação de uma advogada, que também atuava na transmissão de ordens das lideranças da facção criminosa”, ressaltou a PF através de nota.

Aproximadamente 90 policiais federais cumprem 26 mandados de prisão preventiva e dez mandados de busca e apreensão em três estados: Paraná, Santa Catarina e São Paulo. Entre os bens apreendidos pelas autoridades estão carros de luxo e imóveis.