AO VIVO
Menu
Busca domingo, 20 de junho de 2021
Busca
Curitiba
18ºmax
10ºmin
Correios Celular - Mobile
Itaipu

O general que adotou Foz é agora cidadão de fato e direito

24 novembro 2020 - 10h36Por Parana Portal

General Joaquim Silva e Luna, diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional é de fato e direito, cidadão honorário de Foz do Iguaçu, cidade onde vem contribuindo para seus desenvolvimento através da realização de obras, como a duplicação do rodovia das Cataratas, segunda ponte que liga Brasil ao Paraguai e outras ações na região.

Silva e Luna recebeu nesta terça-feira o Título de Cidadão Honorário de Foz do Iguaçu, concedido pela Câmara dos Vereadores. A concessão do título é uma iniciativa do vereador Beni Rodrigues em reconhecimento aos relevantes serviços prestados ao município pelo cidadão e homem público, que fez uma reestruturação na administração da margem brasileira da usina de Itaipu.
Pernambucano, Silva e Luna escolheu se mudar para Foz do Iguaçu assim que foi nomeado diretor geral-brasileiro de Itaipu pelo presidente Jair Bolsonaro, em fevereiro de 2019. Em um ano e dez meses no cargo, Silva e Luna promoveu grandes mudanças na empresa.

Graças à implantação de uma política de austeridade, baseada na missão da Itaipu e em princípios constitucionais de gestão (legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência), conseguiu focar suas decisões e ações transformando megawatts-hora em entregas para a população.

Para Silva e Luna, a “gradativa ampliação de meus conhecimentos sobre esta terra só fez crescer em mim a admiração por nossa gente que, moldada nas lutas pelo desenvolvimento regional, construiu um forte espírito cooperativo”. E acrescenta: “Os desafios de desbravar essa região da tríplice fronteira, enfrentados com altivez, sedimentou o caráter e a têmpera de um povo de várias etnias que, na prática, dilui fronteiras, oxigena corações e mentes e antecipa a tão decantada integração sul-americana”.

Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal

Leia mais em:
https://paranaportal.uol.com.br/opiniao/sintonia-fina/o-general-que-adotou-foz-e-agora-cidadao-de-fato-e-direito/